Identificando

Identificando
26 de August de 2019 No Comments Sem categoria Paulo Garces

Paradigma significa exemplo que se segue, modelo ou padrão. Estes três paradigmas abaixo, não é uma invenção, são apenas as principais formas que as pessoas costumam identificar em si, quando dizem que amam alguém, normalmente os três estão presentes, mas se dividem devido a intensidade, forma de ver o mundo, e a maturidade. Geralmente a conclusão de estar amando alguém vem naturalmente, mas também é natural haver duvidas, e se fazer estas perguntas pode ajudar nestes momentos.

_____________________________________________________________________

Primeiro paradigma.

Aqui você detecta, uma vontade de cuidar da pessoa, de protege-la, você tem o desejo de ver essa pessoa crescer em todos os sentidos, e quer fazer parte deste crescimento, deseja ajudar essa pessoa a realizar os seus sonhos e estar com ela compartilhando suas conquistas, já nos momentos difíceis você queria estar lá e dizer; “você não esta só”. Ao fazer planos para si, imagina como seria bom a pessoa neles e sempre deixa um espaço para ela.

Se disser para qualquer pessoa que sente isso por alguém, esta pessoa vai lhe dizer; “você ama este alguém.”

Pergunto, por quem sente isso?

_____________________________________________________________________

Segundo paradigma

Numa situação difícil onde só pudesse salvar uma pessoa, não pensaria duas vezes a quem salvar, ao saber que a pessoa vai embora sente saudade antes mesmo dela ir, gosta de ter essa pessoa por perto, sua vontade é de acordar ao lado dela, dizer que gosta, abraçar, beijar, dar carinho, sem vergonha de demonstrar, seu único medo é o de que a pessoa não lhe queira por perto ou que nunca mais a veja. Esta pessoa sempre está entre seus primeiros pensamentos ao se acordar e sempre lembra dela quando vai dormir.

Se disser para qualquer pessoa que sente isso por alguém, esta pessoa vai lhe dizer; “você ama este alguém.”

Pergunto, isso acontece? Por quem?

_____________________________________________________________________

Terceiro paradigma

O da espiritualidade ou metafisico, é difícil de explicar, mas ao estar com a pessoa você sente que ali é seu lugar, seu lar, se sente limpo, tem a sensação de que aquilo agrada a Deus, de que estar com ela é o certo, e nestes momentos se sente uma pessoa melhor, mais digna. Você não se sente mais só de verdade depois de conhece-la, as coisas já não são como era antes, elas agora têm sentido, tem finalidade e proposito, sente que se conseguir ficar com ela terá paz.

Se disser para qualquer pessoa que sente isso por alguém, esta pessoa vai lhe dizer; “você ama este alguém.”

Pergunto, já sentiu isso? Onde?

_____________________________________________________________________

Note que o amor é uma coisa de dentro pra fora e não o contrário, é comum ouvir o seguinte conselho, “fique com que te faz feliz, com quem te faz se sentir bem, muitas fezes contraditório, por que o mesmo conselheiro sempre fala, “escolha quem você ama.”

Uma pessoa com calor ao entrar em uma sala com ar condicionado diz “aqui é bem melhor”, uma pessoa com frio ao sair da sala diz “aqui é bem melhor” não há consistência quando ele vem de fora pra dentro.

Normalmente nós atraímos pela aparência, o homem bonito, a mulher gostosa, a pessoa que dá tesão, nos encantamos com a sintonia pela pessoa inteligente que gosta das mesmas coisas, e temos a impressão que fomos feitos um para o outro, somos seduzidos pelo poder, o dinheiro, o status, a segurança, que nos fazem se sentirmos importantes e protegidos.  

É logico que todas estas são coisas nos fazem se sentir bem e aparentemente felizes, mas note todas são de fora pra dentro é o externo, a estrutura, o ambiente, neste ponto nada nos difere dos animais, e esta é uma triste realidade de muitos.

é estranho e perigoso só se sentir importante e bem nestas condições, acaba muitas vezes virando uma grande fonte de frustações e decepções, já que as coisas mudam a todo instante.

O engraçado é ver que é perfeitamente possível amar alguém sem nada disso, o que explica de forma precisa ainda não sabemos, só sabemos que não somos meros animais e que nestes casos é uma coisa de dentro pra fora, o que torna este sentimento muito mais solido e duradouro.

Este é um assunto que não se esgota aqui, mas se conhecer, ser honesto consigo, buscar perceber o que lhe move, é um grande passo para separar o joio do trigo quando se estar confuso quanto a este sentimento, e se um dia concluir que ama alguém, diga a ela “ eu te amo”  

_____________________________________________________________________

Sabemos que há sentimentos positivos e negativos, misto de sentimentos, seria basicamente ter sentimentos negativos e positivos por uma mesma pessoa, entendendo que se há apenas sentimentos bons ou ruins estes não misturados.

quando fala que tem este “misto” parece querer dizer que há em você uma grande carga de sentimentos bons, mas que não sabe certamente a quem os direciona, se for este o caso, pode se fazer as perguntas do inicio deste texto, e tentar perceber para que lado ele vai com mais intensidade e tentar separar o que está vindo de fora e o que está  vindo de dentro.

Se for o primeiro caso é ainda mais simples, imagine se um amigo chegasse pra você e dissesse que tem um grande carinho pela esposa, mas ele não sente mais tesão nela, neste exemplo uma coisa ruim misturada com uma boa, sabendo que o externo é uma variável que vai e volta, qual conselho daria a ele? Acredite a maioria dos sentimentos ruins são externos, alguns fáceis outros difíceis, mas todos são possíveis supera, no caso separar a mistura.

About The Author

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *